segunda-feira, julho 06, 2015

Corre por ali, mas cuidado com o tempo...

Nos últimos meses parece que as fases da lua mudaram de um dia para o outro, que eu fiz aniversário duas vezes no mesmo ano e que as coisas deixaram de ser iguais num espaço curto de tempo. Nesses últimos meses tudo aconteceu e eu estou aqui tentando entender como se quer cheguei ao que eles chamam de hoje e que na verdade daqui a pouco se torna ontem.
Será que você pode perceber como tudo está mudando? Ontem eu era a menininha pequena que me permitia brincar de boneca e hoje estou sujeita a esse mundo medíocre em que até os contos de fadas não passaram de uma doce mentira.Olho ao meu redor e com numa noite fria e escura me vejo perdida entre meus desejos incessantes, meus sonhos avassaladores e o tic tac do relógio dizendo "o tempo está passando", será que os segundos diminuíram e esqueceram de me avisar? Já sei! Foi a hora  que deixou de ter a mesma quantidade de minutos? Ou será que sou eu que dei tempo de mais a certas futilidades e esqueci de contemplar o nascer do sol, a chegada do inverno e todas essas coisas que dizem não ter preço? Talvez seja isso.
Vou lhe contar um segredo, o tempo me assusta, já não tenho o mesmo tempo que eu tinha quando comecei a escrever esse texto, talvez agora esteja nascendo alguém, morrendo alguém e eu aqui ainda tentando entender o tic tac do relógio. 
Acho que vou indo, preciso parar de tentar compreender aquilo que simplesmente é, preciso questionar menos, viver mais, brigar menos, amar mais, preciso tudo mais, mas somente aquilo que é bom porque hoje tô de dieta, mas não é de comida não é de raiva, é de rancor, porque eu quero tudo menos dor, é meu caro, sabe que eu quero? A PAZ, O AMOR.
E você? Vai pelo caminho da felicidade, mas vai hoje porque já é amanhã e ai meu caro o ontem não vai dar pra mudar, mas hoje ainda é tempo de RECOMEÇAR, RECUPERAR, tempo de SE AMAR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário