sábado, fevereiro 22, 2014

NEM TUDO É DEFEITO.

Me criticam por eu ser quem sou.Me criticam pelo o que eu faço e pelo o que eu não deixo de fazer também.Quando eu tento ser como eles querem também me criticam, dizem que sou influenciável demais.Quando eu sou apenas eu, dizem que sou egocêntrica por não aceitar opiniões construtivas.
Já tentei ser quem eu não era só pra fugir das críticas, mas vi que não sou eu são eles.Tentei gostar do que eu não gosto só pra me entrosar com quem de fato não me entroso.Virei minha vida e tentei virar o mundo ao avesso de novo pra fugir das críticas.
Me vesti diferente, troquei o batom pink pelo preto, o vestido de lacinho pela blusa de couro em pleno verão, a sapatilha pelo coturno de spike e sai pela rua.Quando me desconectei do fone percebi que todos me olhavam e criticavam.Corri para casa e não entendi, pensei que aquele meu "disfarce" faria despistar a "crítica", pensei que ela não me encontraria.
Só depois quando me despi, retirei aquele excesso de preto, tudo ficou claro.Percebi que não é a crítica que me segue nem o mundo que me persegue.Demorou, mas eu entendi que serei criticada, amada e odiada até enquanto durar meu infinito.
Eu me conheço, conheço meus defeitos, sei minhas qualidades, meus medos e rejeitos.E sabe o que me deixa feliz? Saber que o mundo também não é perfeito.Saber que não é a crítica que me ama ou o mundo que se encana.É a vida, são as circunstâncias.
Para e pense que você será criticado pelo que é, porque é único.Será criticado pelo que não é, porque o mundo é exigente.Talvez a crítica acabe quando você se torne ausente.
Mas até lá, viva teu infinito.Até lá, vamos ser o que somos, porque já que seremos criticado que seja de originalidade, porque o que é falsidade nunca será de verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário