quinta-feira, janeiro 16, 2014

HÁ RAZÃO SEM HAVER SENTIDO

Ela ousa escrever,sem nem saber direito o que deseja ser.
Aquela menina é assim,ousada e determinada,confusa e complicada.
Ela vê o mundo com os mesmo olhos que você,não sei o que há de errado entre esse olhos,ele busca o natural,o belo,o normal,mesmo vendo espalhado por esse mundo tanto mal.
"Ah menina será se eu posso ser assim,tipo como você?" Dizia o estranho.Ela o olhou e disse: "Ah meu senhor eu tenho os mesmo olhos que você,eu vejo o que ninguém vê,mesmo sabendo que o mal há de ter."
O bom senhor incompreendido pelas palavras lá se foi.
A menina ali triste estava,ela não entendia como o mundo só enxergava o mal que exalava e o perfume doce daquela flor,ali ficava.
Não era os  olhos,não era idade e nem sei se isso podia se chamar maturidade.
A menina era pequena,com aquela sua voz serena.Seus olhos todo mundo desejava quando ninguém percebia que era o amor que ali predominava.

4 comentários:

  1. Amei o texto bem refletivo.
    http://stephanycoms.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oooi Stephany!Que bom que gostou,fico mega feliz!
      Beijooos

      Excluir
  2. Adorei, amo os textos que você posta, beijo
    http://procurafeminina.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oooi Carolina!Obrigada viu?É muito importante saber disso!
      Beijoos

      Excluir